Ivinhema - MS, sexta-feira, 26 de abril de 2019

22º min
32º min



Publicado em: 25/07/2018 às 09h01

FÁTIMA DO SUL: Integrante de quadrilha que fraudava perícias do INSS é preso tentando aplicar golpes em MS


Dourados News

Foto: Divulgação

 Policiais militares da Força Tática de Fátima do Sul prenderam na manhã de terça-feira (24/7), homem identificado como Cleidici Dias da Silva, morador em Várzea Grande (MT). Ele confessou fazer parte de uma quadrilha especializada em fraudar perícias do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) no Mato Grosso e tentava aplicar golpes em Mato Grosso do Sul. 

 

A ação começou quando o rapaz chegou à delegacia da cidade com o braço engessado para registrar boletim de ocorrência de extravio de seus documentos e entregando CNH (Carteira Nacional de Habilitação) visivelmente falsa, com o nome de outra pessoa. 

 

O agente que o atendia resolveu checar as informações e, com receio de ser descoberto, Cleidici deixou o local afirmando a pretensão de fumar, fugindo posteriormente. 

 

A PM foi acionada e em posse das características, encontrou o rapaz na rodoviária. Lá, ele voltou a dar o nome de outra pessoa, mas posteriormente confessou fazer parte da quadrilha.

 

Dentro de sua mochila os policiais encontraram seis CNH’s, além de exames, comprovantes de perícia e atestados médicos, todos falsos. Ele também portava objetos para disfarçar lesões, como artigos ortopédicos moldáveis e esparadrapo. 

 

Questionado, disse que o chefe do grupo criminoso mora no Mato Grosso e que há dois anos entrou no bando para praticar os golpes. Em terras sul-mato-grossenses Cleidici estava há pouco tempo e pretendia passar por Três Lagoas e Bataguassu, antes de retornar à sua cidade. 

 

A polícia ainda não divulgou a quantidade de golpes aplicados no Estado. 

 

Após sua prisão, o rapaz foi levado até o Hospital da Sias, em Fátima do Sul, onde se descobriu que não havia qualquer tipo de problema em seu braço.

 

O gesso seria uma forma de conseguir enganar peritos. O caso continua sendo investigado.