Ivinhema - MS, terça-feira, 23 de abril de 2019

21º min
28º min



Publicado em: 07/08/2018 às 09h15

Mesmo com Câmara lotada e clamor da população, CPI é engavetada em Batayporã


Jornal da Nova

Foto: Jeferson Souza/CMB

Vereador Gemino Roz (PR)

 

Apesar do frio e da chuva, a noite de ontem (6) foi quente no plenário da Câmara Municipal de Batayporã. Mesmo lotada por munícipes e com clamor popular, o pedido de criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) acabou não ocorrendo e a sessão foi encerrada.

 

O requerimento, já assinado pelos vereadores Germino Roz (PR) e Denise Pesqueira (PDT), foi ao plenário, lido e justificado, mas nenhum dos outros vereadores sequer se levantou  para votar.

 

Diante disso, o requerimento voltou para a secretaria da Casa de Leis, até que um dos sete vereadores votem para iniciar uma investigação contra o prefeito municipal, Jorge Takahashi.

 

Durante a sessão, houve tumulto e pressão em cima dos vereadores para assinarem o pedido de CPI, mas, mesmo assim, os sete vereadores não se manifestaram a favor da abertura da investigação.

 

Segundo o vereador Germino Roz, o caso agora será levado para o MPE (Ministério Público Estadual), devido o prefeito não ter atendido as recomendações da promotoria, muito menos os vereadores.

 

O presidente da câmara Cícero Leite (PSDB), encerrou a sessão devido ao tumultuo provocado por algumas pessoas que estavam no plenário e se manifestavam de maneira favorável à CPI.