PUBLICIDADE

Alckmin reedita jingle de 2006 e diz que país não pode ‘olhar para trás’

| JOVEM PAN


O PSDB divulgou o novo jingle para campanha presidencial de Geraldo Alckmin. A música reedita uma versão usada em 2006 que trata o candidato apenas como “Geraldo”, buscando popularizar a imagem do tucano. A canção, que leva o ritmo sertanejo, foi aprovada por Alckmin neste domingo (26) e diz que o país não pode “olhar para trás”.

 

De acordo com a assessoria tucana, apenas no jingle o candidato será tratado como “Geraldo”. No resto da campanha, continuará usando o nome completo “Geraldo Alckmin”.

 

Para escolher o ritmo da música, foi realizada uma pesquisa em rádio populares, que apontou que esse novo tipo de sertaneja, com levada pop, é sucesso em todos os cantos do Brasil.

 

Além das qualidades do tucano, o jingle também retrata a indignação da população. Para saber com que os eleitores se incomodavam, o partido realizou uma pesquisa interna e fez a canção em cima dos resultados.

 

Em pesquisa do instituto FSB encomendada pelo BTG Pactual divulgada nesta segunda-feira(27), Alckmin aparece na terceira colocação com 9%, atrás de Jair Bolsonaro (PSL) com 24% e Marina Silva (Rede) com 15%. Este cenário não conta com a participação do ex-presidente Lula (PT).

 

No cenário com Lula na briga, o tucano cai para a quarta colocação com 6%.



LEIA MAIS

Política
Junior Mochi realiza palestra sobre alterações na lei das eleições para 2020
Evento foi destinado a agentes políticos e interessados em participar do pleito eleitoral no próximo ano
Política
Governo ainda não decidiu se servidores terão reajuste, diz Hashioka
Secretário espera bom senso dos servidores estaduais
Política
MDB quer Simone Tebet para prefeita da Capital
A senadora não quer aceitar e almeja presidência do Senado
Política
Ex-prefeito que contratou empresa da irmã tem direitos políticos suspensos
eleições 2018
Nesta segunda, Haddad visita Lula em Curitiba
Política
Reinaldo pede a Jair Bolsonaro pacto pelo fechamento das fronteiras
Governador e candidato à reeleição reforça apoio a presidenciável do PSL no Estado e espera ação para melhoria da segurança pública local
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE