Ivinhema - MS, domingo, 23 de setembro de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 14/09/2018 às 08h58

Semana termina com chuva e até tempestades podem ocorrer em regiões de MS


MIDIAMAX

Foto: Divulgação

A chuva chegou para alegrar o dia de boa parte dos moradores de Mato Grosso do Sul que sofriam com a baixa umidade relativa do ar. Depois de dias de muito calor, com temperatura chegando a quase 40°C, a sexta-feira (14) amanheceu com termômetros marcando 17°C e umidade relativa do ar em 89%, em Campo Grande.

 

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão Filho, da Estação Meteorológica Uniderp, a chuva chegou nas cidades do sul, no Pantanal e na região central do Estado. Apesar de o acumulado de chuva ainda não ser volumoso na maior parte das cidades, as fortes rajadas de vento chamam a atenção.

 

As rajadas de ventos chegaram a 61 km/h em Angélica, 40 km/h em Bonito, 49 km/h em Caarapó,48 km/h em Campo Grande, 51 km/h em Dourados, 65 km/h em Ivinhema e 48 km/h em Porto Murtinho.

 

A chuva é mais significativa em Aral Moreira, onde já há acumulado de 41,6 milímetros e o vento chegou a 53 km/h, em Ponta Porã (com acumulado de 36 milímetros) e em Nova Andradina, onde chove forte, os ventos chegaram a 89 km/h e há risco de enchentes.

 

Em Campo Grande voltou a chover depois de dez dias na seca. O acumulado até o momento é de 2 milímetros. Em Três Lagoas ainda não choveu, mas segundo o meteorologista, as pancadas devem ocorrer no sábado (15). Há 20% chance de chuva fraca em Paranaíba.

 

Nesta sexta-feira, o tempo fica parcialmente nublado a nublado com pancada de chuva isolada. A temperatura máxima é de 34°C no Estado. Em Campo Grande, máxima de 30°C.

 

Há possibilidade de tempestades nas regiões leste, sul, sudoeste e Pantanal. “Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos”, informa o Inmet.

 

O tempo no fim de semana

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de meteorologia), nesta sexta-feira, uma frente fria se desloca lentamente sobre o Estado, provocando pancadas de chuva e trovoadas isoladas.

 

No sábado (15), as pancadas de chuva estarão mais generalizadas sobre o Estado. No domingo (16), o aprofundamento de um centro de baixa pressão no oceano, próximo ao litoral São Paulo, canalizando a umidade sobre o Estado favorecendo à ocorrência de chuvas faixa centro-sul.