Ivinhema - MS, quarta-feira, 24 de abril de 2019

19º min
30º min



Publicado em: 11/01/2019 às 09h16

Neymar procurou o Barcelona cinco vezes com o objetivo de voltar ao clube

El Mundo" é mais um a noticiar que o brasileiro está arrependido e cita ligações ao presidente da equipe catalã. Pai de Neymar responde: "Fake news"


GE

Foto: EFE/ETIENNE LAURENT

O jornal espanhol "El Mundo" noticia nesta sexta-feira que Neymar está arrependido com os rumos da sua carreira no PSG e, por isso, estaria tentando voltar ao Barcelona. Inclusive, ainda de acordo com a publicação, teria procurado o ex-clube por cinco vezes para tratar desse assunto, com direito a uma ligação pessoal do pai do craque ao presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu.

 

Com nove reservas, Barcelona perde para o Levante por 2 a 1 na Copa do Rei

 

Segundo o "El Mundo", o pai do jogador garantiu ao presidente e aos diretores de Barcelona que ele está "arrependido" e que o PSG "não tem projeto". As fontes ligadas a essas conversas informaram que o primeiro contato foi feito na temporada passada e o último foi bem recente, reforçando junto à diretoria catalã que Neymar "entende que se equivocou ao se transferir para o PSG há um ano e meio.

 

A assessoria de imprensa de Neymar afirmou que não comentaria esse tipo de notícia, por não se tratar de uma verdade. Em postagem no Instagram, o pai do craque disse que a informação é uma "fake news".

 

- Fake News da Fake News - disse o pai de Neymar, ao postar um print da matéria do GloboEsporte.com, reproduzindo as informações do jornal espanhol.

 

Só que, segundo o jornal, há um porém para o Barcelona levar essas conversas adiante. A equipa catalã explicou ao pai do craque que não pode continuar tratando um eventual retorno enquanto corre um processo na Justiça entre as duas partes. O craque prêmio é de 63 milhões e Neymar já cobrado metade.

 

Jornal: Neymar declara "guerra ao Barça" por bônus de renovação de contrato

 

O craque do Paris Saint-Germain quer receber € 26 milhões da segunda parte do bônus pela renovação de contrato com os catalães, que decidiram não pagar o acordado após a transferência dele para o PSG. Com 10% de juros, a quantia somaria quase € 30 milhões (R$ 118 milhões). Um julgamento no próximo dia 31 vai avaliar essa disputa.

 

Em agosto de 2017, o PSG pagou a cláusula de rescisão de Neymar para tirá-lo do Barcelona ao custo de €222 milhões. Ele assinou até 2022 com os franceses um dos maiores contratos do futebol. Segundo o "El Mundo", recebe € 40 milhões líquidos por ano, em valores equivalentes ao de Messi no Barça e superiores ao de Cristiano Ronaldo.