Ivinhema - MS, quinta-feira, 23 de maio de 2019

12º min
18º min



Publicado em: 08/05/2019 às 09h16

PF faz operação contra fraudes em licitações na Educação


Dourados NEws

Foto: Henrique Kawaminami/Campo Grande News

Operação foi desencadeada hoje pela Polícia Federal

Policiais federal e a CGU (Controladoria Geral da União) cumprem desde as primeiras horas desta manhã (8/5) em Campo Grande, mandados de busca e apreensão dentro da Operação Nota Zero, que investiga organização criminosa que fraudava licitações para a construção e reforma de escolas estaduais.

 

São 12 ordens expedidas pela Justiça. 

 

Conforme o Campo Grande News, um dos alvos da ação policial é a empresa Queiroz Engenharia, que fica na Rua Vitório Zeolla, no Carandá Bosque. Equipe também faz buscas na sede da SED (Secretaria de Estado de Educação). 

 

De acordo com a Polícia Federal, construtoras eram escolhidas previamente para vencer as licitações e eram personagens de “teatro criminoso” para dificultar a participação de empresas que não fazia parte do esquema.

 

Ainda de acordo com o Campo Grande News, as integrantes do grupo faziam um rodízio, ainda conforme a investigação, para vencer as concorrências abertas pela secretaria.

 

Segundo a apuração, pelo menos oito licitações, que resultaram em contratos cuja soma chega a R$ 9,5 milhões, foram fraudadas.

 

Dos valores recebidos, empresas retiravam as propinas pagas a integrantes da organização criminosa, também detalhou a PF.