Ivinhema - MS, terça-feira, 21 de maio de 2019

17º min
29º min



Publicado em: 11/05/2019 às 10h27

Jovem é assassinada em boate por ex que não aceitava fim de relacionamento

Homem matou mulher e cometeu suicídio em seguida


MÍDIAMAX

Foto: Marcos Ermínio

Uma mulher de 26 anos foi assassinada dentro de uma boate em Campo Grande, localizada na Rua Olavo Bilac, bairro Amambai, na madrugada deste sábado (11). Conforme a polícia, o responsável pelo crime é um ex-companheiro da vítima, que se matou em seguida.

 

O autor do crime, João Gonçalves Silva, de 39 anos, não aceitava o fim do relacionamento. Segundo informou os policiais militares que atenderam a ocorrência, Luana Priscilla Oliveira da Silva, estaria trabalhando na casa noturna, quando o ex-marido chegou, às 2h30 da madrugada.

 

Testemunhas informaram à PM que quando o rapaz chegou, estava calmo e não apresentava nenhum comportamento agressivo. Depois de uma conversa, eles subiram para um dos quartos e após alguns minutos, os seguranças escutaram disparos de arma de fogo.

 

A porta do quarto estava trancada e quando conseguiram abrir, encontraram os dois na cama. Conforme informações da Polícia Militar, a mulher estava nua e o homem, com um revólver calibre 38 na mão . Equipes da polícia, Corpo de Bombeiros e Samu foram acionadas. No local, constataram que a ela havia sido atingida por quatro tiros. Os disparos atingiram a nuca, nádegas, coxa e braço da vítima. Após matar a ex, o rapaz deu um tiro na cabeça e cometeu suicídio.

 

O homem foi encontrado ainda com vida pela equipe médica do Samu, mas morreu na Santa Casa. A mulher deixou uma filha de 3 meses.

 

Neste momento, 8 pessoas estão em frente à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para prestar depoimentos sobre o caso.