Ivinhema - MS, terça-feira, 21 de maio de 2019

17º min
29º min



Publicado em: 13/05/2019 às 16h42

MDB quer Simone Tebet para prefeita da Capital

A senadora não quer aceitar e almeja presidência do Senado


CORREIO DO ESTADO - IZABELA JORNADA

Foto: Assessoria

Reunião ocorreu na manhã de hoje

Integrantes do MDB se reuniram na manhã desta segunda-feira (13) para decidirem sobre as eleições de 2020 e também para definirem agenda das convenções que o partido terá no próximo semestre. Na ocasião, parlamentares defenderam o nome do deputado Márcio Fernandes, do ex-deputado Junior Mochi e da senadora Simone Tebet como candidatos para Prefeitura de Campo Grande. “Ela é nossa candidata, o nome dela é mais conhecido, ela é mais competitiva, mas não sabemos ainda se ela vai aceitar, ela está irredutível e quer tentar pra presidente do Senado”, afirmou Fernandes.

 

O deputado do MDB já foi indicação do partido nas últimas eleições para liderar a Capital, mas, como a sigla demorou para lançar candidatura, ele acabou desistindo de arriscar de última hora. “Não dava mais tempo e sem planejamento não dá”, justificou ele.

 

Outro nome ventilado pelos emedebistas para disputar a Prefeitura de Campo Grande é o ex-deputado Junior Mochi. O parlamentar disputou as eleições para governador do Estado em 2018 e acabou ficando em terceiro lugar, com 53.574 votos.

 

O presidente do partido, ex-governador André Puccinelli, estava presente na reunião e a conversa foi em torno da possibilidade dele ser o pré-candidato para 2022, nas eleições para governador do Estado de Mato Grosso do Sul. Puccinelli, anteriormente, alegou que não tem medo de se lançar candidato e que existe a possibilidade de isso acontecer.

 

Ainda sobre a reunião, os integrantes decidiram também que lançarão candidatura em todos os municípios do Estado. Em Dourados, o nome escolhido é do deputado Renato Câmara (MDB). Para Três Lagoas, a decisão ficará nas mãos do deputado Eduardo Rocha (MDB) e Simone Tebet (MDB). Anteriormente, Rocha tinha sinalizado que pretendia apoiar Ângelo Guerreiro (PSDB) em sua reeleição para prefeito de Três Lagoas.

 

DISPUTA

As conversas sobre candidaturas para prefeito em 2020 estão sendo alinhavadas. O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD) já tem o apoio declarado do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). O governador disse, anteriormente, que se sente na obrigação de retribuir o que recebeu do líder do Executivo municipal em 2018.

 

Mas ainda existem mistérios e um possível rival do atual prefeito é o juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT). Anteriormente, ele teria dito que pretendia se candidatar para prefeito de Campo Grande, mas também chegou a cogitar apoio a Marcos Trad.