PUBLICIDADE

GP da França: Bottas bate Hamilton em nova dobradinha da Mercedes no terceiro treino livre

Em mais uma disputa apertada no topo, finlandês faz o melhor tempo do fim de semana, enquanto Ferrari até vai bem nos primeiros setores da pista, mas sofre justamente no último

| GLOBOESPORTE.COM / GLOBOESPORTE.COM


A Mercedes fez mais uma dobradinha no terceiro treino livre para o GP da França, e Valtteri Bottas superou Lewis Hamilton em apenas 0s041. O finlandês comandou a maior parte da sessão, mas com o inglês sempre por perto, assim como já ocorrera nos treinos de sexta-feira. Bottas fez o tempo de 1m30s159, o melhor do fim de semana até agora.

A Ferrari ficou com a terceira e quarta colocações, com Charles Leclerc apenas 0s018 à frente de Sebastian Vettel. A RBR foi a terceira força, com Max Verstappen superando Pierre Gasly, enquanto, do sétimo ao décimo lugares, ficaram Lando Norris (McLaren), Daniel Ricciardo (Renault), Carlos Sainz (McLaren) e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo).

O treino classificatório começa às 10h (de Brasília). O SporTV2 transmite ao vivo, com narração de Sergio Mauricio e comentários de Reginaldo Leme e Felipe Giaffone. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real.

Resultado do treino

Ferrari volta ao assoalho antigo

Depois das dificuldades em acompanhar a Mercedes na sexta-feira, a Ferrari voltou à especificação antiga de seu assoalho nos seus carros. A mudança surtiu efeito ao menos no começo do terceiro treino livre, e Charles Leclerc chegou a liderar a folha de tempos na primeira meia hora.

No entanto, a Ferrari voltou a mostrar deficiências em relação à Mercedes no terceiro setor da pista, justamente onde ficam as curvas mais lentas do traçado. Para se ter uma ideia, Leclerc fez o melhor primeiro setor, e Vettel, o segundo.

Bottas de novo mostra força

Após Hamilton superar Leclerc em 0s010, Bottas fez mais uma volta voadora pouco antes da metade do treino e baixou a marca de Hamilton em 0s255, depois de conseguir dois dos três melhores setores da pista.

Com 40 minutos de treino, o finlandês colocou um jogo novo de pneus macios e melhorou ainda mais seu tempo, ficando 0s949 à frente de Hamilton. Logo depois, o inglês voltou à pista mas errou na sua primeira volta com os pneus novos. Na segunda, melhorou o próprio tempo, mas acabou 0s041 atrás do companheiro.

 



LEIA MAIS

F-1
Hamilton vence GP da Bélgica de Fórmula 1 e fica a duas vitórias do recorde de Schumacher (ÁUDIO)
F-1
Hamilton lidera terceiro treino livre na Bélgica; Vettel dá vexame e é o último
F-1
Ayrton Senna é o piloto mais rápido da F1 nas últimas quatro décadas, informa estudo
Levantamento encomendado pela categoria mostra que tricampeão foi o mais veloz na comparação com colegas de equipe nas classificações, onde se afere velocidade bruta dos pilotos
F-1
F1: Interlagos terá esquema de segurança com mil policiais para o GP do Brasil
O número é parecido com o que costuma ser utiizado em clássicos entre dois grandes clubes de São Paulo
F-1
Lewis Hamilton é hexacampeão mundial de Fórmula 1
F-1
Análise: com dedo de Sampaoli, Santos sobra no Brasileiro (e na Vila), alterna estilo e amassa rival
Peixe vai tranquilo para a pausa da Copa América e ao menos na vice-liderança
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE