Pistoleiros matam menina de 13 anos em Pedro Juan Caballero


PUBLICIDADE

MERCOSUL NEWS

Dois homens em uma motocicleta Honda/Titan, de cor escura e sem capacetes, executaram a tiros na noite de ontem, por volta das 20h30min, a menor Maria Elena Areco Gimenez, de apenas 13 anos de idade. Pelo menos três disparos de pistola calibre 9 milímetros atingiram a vítima na cabeça e no tórax. O crime ocorreu na Rua Lomas Valentina, bairro Mariscal Estigarríbia, em Pedro Juan Caballero (Paraguai).

De acordo com a polícia paraguaia, Maria Elena estava sentada na frente de sua residência em companhia de uma irmã de 15 anos e de um amigo. Em determinado momento, a de 15 anos entrou em casa por alguns momentos, quando surgiram os dois pistoleiros. O que estava na garupa fez os disparos. Os dois fugiram logo após o crime, tomando rumo ignorado.

Maria Elena chegou a ser socorrida por policiais da 1ª Comissaria, chefiados pelo comissário Luiz Ramón Bazan, mas morreu a caminho do hospital. Segundo informações colhidas pela polícia no local do crime, a menor pode ter sido morta por engano, já que seria sua irmã de 15 anos quem estaria recebendo ameaças por supostamente estar envolvida com um homem casado.

A polícia deduz que os pistoleiros confundiram a vítima com a irmã dela, que havia acabado de entrar, devido à semelhança entre as duas e a pouca diferença de idade. A família estava desolada a adolescente que estava ameaçada foi levada para a Chefatura de Investigações para fornecer detalhes sobre quem a estaria ameaçando e o real motivo.

 

 


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE