PUBLICIDADE

Paranaense é autuado pela PMA por desmatamento em Ribas do Rio Pardo

Infrator também foi multado em R$ 21,6 mil

| JORNAL DA NOVA


Foto: Divulgação - PMA
PUBLICIDADE

O proprietário de uma fazenda, localizada no município de Ribas do Rio Pardo, realizou um desmatamento sem a licença ambiental, entre os anos de 2016 e 2017 e foi autuado segunda-feira (16), por policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande.

 

A autuação ocorreu durante fiscalização na propriedade rural, onde foi conferida a área com uso de GPS e a caracterização do uso com drone, o desmatamento ilegal de 21,66 hectares de vegetação nativa do bioma cerrado.

 

A infração foi detectada por imagem de satélite. A área já estava com plantio de pastagem e havia parte da madeira proveniente da vegetação desmatada em alguns pontos em meio à pastagem. As atividades foram interditadas.

 

O infrator, um empresário de 68 anos, residente em Nova Esperança (PR), foi autuado administrativamente pelo desmatamento e foi multado em R$ 21,6 mil. Ele também responderá por crime ambiental com pena de três a seis meses de detenção.

 

O autuado ainda foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.



LEIA MAIS

Geral
Morador de rua que dormia no banco de praça é espancado e roubado
Vítima disse ter sido agredida por várias pessoas
Geral
IVINHEMA: Moradora denuncia descaso com Avenida Panamá
Empresária diz que comércios estão sendo esquecidos e ignorados
Geral
Dupla tenta levar moto, vítima recebe ajuda de militar, mas bandidos ainda fogem com bolsa
Geral
Em briga, morador de rua é empurrado e quase cai em córrego
Ele teve de ser socorrido
Geral
Polícia paraguaia impede ‘guerra’ entre PCC e Rotela em presídio na fronteira com MS
Lanças, cordas e facas artesanais foram encontradas nas celas das facções criminosas
Geral
Caminhão com placas de Nova Andradina se envolve em acidente com morte no Paraná
Acidente foi na BR-376, região de Paranavaí e duas pessoas morreram, segundo a PRF
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE