PUBLICIDADE

Termina hoje prazo para inscrição na lista de espera do Prouni

Resultado será divulgado segunda-feira (24)

| JORNAL DA NOVA/ AGêNCIA BRASIL


Imagens: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
PUBLICIDADE

Os estudantes que não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas regulares do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o 2º semestre deste ano, têm até hoje (20) para manifestar interesse em participar da lista de espera. A inscrição pode ser feita na página do Prouni e o resultado será divulgado na próxima segunda-feira (24).

 

Esta é a última etapa de seleção do programa. De acordo com o Ministério da Educação, a lista de espera será única para cada curso e turno, de cada local de oferta, ou seja, não haverá classificação por modalidade, como por cotas, por exemplo.

 

Pode participar da lista de espera, para o curso correspondente à primeira opção na inscrição, o candidato que não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares ou tenha sido pré-selecionado para a sua segunda opção de curso, mas por motivo de não formação de turma, tenha sido reprovado.

 

Para participar da lista de espera para o curso correspondente à segunda opção na inscrição, os critérios são os seguintes: que o candidato não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares; nas hipóteses de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso, ou de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso; e, ainda, na situação de ter sido pré-selecionado para a primeira opção de curso, mas que por motivo de não formação de turma tenha sido reprovado.

 

Os estudantes da lista de espera que forem pré-selecionados para receber a bolsa devem comparecer às instituições de ensino até o dia 28 e entregar os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. Quem perder o prazo ou não comprovar os dados será desclassificado.

 

Prouni


O Prouni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior. Nesta edição, 440,6 mil estudantes inscritos disputaram 167,7 mil bolsas em 1.061 instituições.

 

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

 

Podem participar estudantes brasileiros que não tenham diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação.



LEIA MAIS

Educação
Enem 2020: encontro debate estratégias técnicas para segurança nos dias de provas
Preparo de logística e posicionamento foram temas da conversa
Educação
Inep divulga resultado da pesquisa Conceito Enade 2019
A avaliação mede a qualidade dos cursos de educação superior no país
Educação
15 de Outubro – Dia do Professor
Educação
ENEM 2020: Estudantes têm até hoje para inserir foto no cadastro
A fotografia deve mostrar o rosto inteiro do participante
Educação
Estudantes com Fies podem suspender pagamentos até o fim da pandemia
Nova resolução amplia benefício enquanto durar estado de calamidade
Educação
Defensoria de MS promove audiência para discutir volta às aulas presenciais na rede pública
Audiência pública acontece de forma virtual e aberta ao público com transmissão no Youtube
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE