PUBLICIDADE

Vacina russa contra coronavírus é segura e produz imunidade, diz ‘The Lancet’

Boa notícia é dada por revista prestigiada mundialmente pelo meio científico

| MIDIAMAX


Imagem ilustrativa. (Foto: divulgação)

A vacina russa contra o novo coronavírus é segura e produz imunidade, segundo a prestigiada revista científica ‘The Lancet’. Os primeiros resultados foram divulgados nesta sexta-feira (4).

 

A vacina foi a primeira contra o novo coronavírus a ser registrada no mundo. O anúncio foi feito em agosto pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin. No entanto, até agora, havia ceticismo internacional de que o país tivesse desenvolvido uma vacina eficaz e segura.

 

Segundo o estudo a “Sputnik V” foi capaz de induzir resposta imune nos voluntários e se mostrou segura nos testes de fase 1 e 2. Os testes foram feitos de forma randomizada com 76 pessoas em hospitais russos, com idades de 18 a 60 anos, que praticaram o distanciamento social a partir do momento que se voluntariaram para os testes e ficaram no hospital por até 28 dias.

 

A publicação afirma que a vacina não causou nenhum efeito colateral grave em 42 dias após a vacinação e conseguiu induzir a resposta dos anticorpos em todos os participantes em até 21 dias.

 

Os resultados, que passaram por revisão de pares, também sugerem que a vacina russa conseguiu produzir uma resposta das células T em até 28 dias, mas mais estudos precisam ser feitos para comprovar a hipótese.



LEIA MAIS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE