PUBLICIDADE

Integrantes de facção que vigiavam rotina de policiais são presos com droga

Segundo a polícia, a facção ficou irritada com as prisões dos últimos dias realizadas pela DP do município

| CAMPO GRANDE NEWS


Dinheiro, maconha, pasta-base de cocaína foram apreendidos na casa que funcionava uma boca de fumo (Foto: divulgação / Polícia Civil)
PUBLICIDADE

Dois integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), de 19 e 20 anos, que monitoravam a rotina de policiais, foram presos com cocaína enterradas no quintal, em Ribas do Rio Pardo, distante 103 quilômetros de Campo Grande. 

Nas últimas semanas, segundo a Polícia Civil do município, recebeu denúncias anônimas de que um rapaz de 20 anos, pertencente à facção criminosa, morador de Campo Grande, foi para o município traficar drogas.

Além disso, o suspeito, conforme apurou a polícia, também estava monitorando rotinas de policiais e do delegado da cidade a mando do PCC, pois a facção estaria irritada com as prisões realizadas nas últimas semanas.

Ontem, os policiais receberam informações anônimas indicando que no quintal da boca de fumo administrada pelo suspeito havia tabletes de maconha. Os policiais foram para o endereço e após campana optaram por entrar na residência. O traficante foi surpreendido no quarto, na companhia de uma mulher. Nos cômodos do quarto, foram localizadas sete porções de maconha, embaladas para pronta entrega.

 

Havia ainda petrechos utilizados para o tráfico, como por exemplo, sacolas picotadas e papel filme. Também foi encontrado R$ 300 em dinheiro. Em continuidade às buscas, os policiais localizaram dois tabletes de maconha e pasta-base de cocaína enterrados no quintal.

Indagado sobre a participação do outro homem, o suspeito confirmou todas as denúncias anônimas e diligências anteriores. Na sequência, a equipe policial conseguiu encontrar o outro suspeito no Jardim Vista Alegre. Os dois foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O rapaz de 20 anos havia sido preso recentemente por tráfico de drogas e obteve o benefício da liberdade provisória, porém, logo que saiu da cadeia, há quase dois meses, continuou com o tráfico. Os dois suspeitos estão presos à disposição da Justiça. O nome dos suspeitos não foi divulgado pela polícia. 



LEIA MAIS

Geral
'Boca de fumo' no Água Boa é fechada e menor é apreendido
Geral
Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas
Geral
Adolescente é apreendido com R$ 3 mil e 44 porções de pasta-base
Ele estava com 44 porções de pasta-base de cocaína, maconha e dinheiro trocado em espécie
Geral
Produtos de contrabando e descaminho que iriam para SP são apreendidos pela polícia
Geral
Ladrão invade casa e leva R$ 3,7 mil em produtos de beleza
Ele levou caixas com perfumes e cremes
Geral
DOF apreende 1,8 tonelada de maconha em caminhonete roubada
Suspeitos foram contratados em Coronel Sapucaia, por um homem desconhecido, para levar o entorpecente até a cidade de Itaquiraí
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE