PUBLICIDADE

ANGÉLICA: Prefeito interino é extubado, mas segue internado com Covid-19

| MIDIAMAX


Boquinha Prefeito de Angélica - Foto: Ivinoticias
PUBLICIDADE

O prefeito em exercício de Angélica, Geraldo Rodrigues, o Boquinha (PSDB), foi extubado e segue internado para tratar da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Ele está em um hospital de Ponta Porã.

 

Em entrevista à Rádio Tropical, o sobrinho de Boquinha, Flávio Valério, relatou que o político já voltou a executar atividades cotidianas. “Está estável, se alimentando sozinho, leve dispneia por conta da lesão do pulmão, ainda usando oxigênio”, declarou no sábado (10).

 

A linha de sucessão não foi acionada devido à internação do tucano. Segundo a prefeitura, os secretários seguem trabalhando mesmo sem o chefe. Durante transmissão ao vivo na rede social Facebook, o procurador jurídico Edmar Travain esclareceu que o município continua com suas atividades normais.

 

“Na ausência, os secretários têm total autonomia para dar continuidade às atividades. A população de Angélica e os vereadores têm direito de vir fiscalizar os atos”, justificou.

 

Boquinha testou positivo no início do mês, e estava sendo tratado em uma unidade de Angélica. Com o agravamento do quadro, foi transferido para Ponta Porã.

 

Eleito presidente da Câmara Municipal em janeiro, ele assumiu a prefeitura devido à impossibilidade de João Cassuci (PDT), que venceu o pleito de 2020, tomar posse enquanto tenta reverter a impugnação da candidatura na Justiça Eleitoral.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE