PUBLICIDADE

ANGÉLICA: PMA prende três pescadores no Rio Ivinhema com petrechos ilegais e os autua em R$ 2,1 mil

| IVINOTICIAS


PMA apreende barco, motor, petrechos. Foto: Divulgação

Policiais Militares Ambientais de Batayporã realizavam fiscalização ambiental no rio Ivinhema, no município de Angélica e prenderam em flagrante ontem (9) à tarde, três pescadores amadores praticando pesca predatória, com uso de petrechos proibidos. Os policiais avistaram os infratores, no momento em que estavam em uma embarcação motorizada, instalando anzóis de galho no rio.

 

Conforme apurou o Site Ivinoticias, foram encontrados em poder dos pescadores amadores, 27 anzóis de galho (petrechos ilegais) no momento da abordagem, contando os que foram retirados do rio, que já haviam sido instalados por eles. Os pescadores iniciavam a pescaria e não haviam capturado nenhum pescado ainda. A embarcação, o motor de popa e os petrechos de pesca foram apreendidos.

 

Os três infratores, de 35, 36 e 57 anos, todos residentes em Angélica, receberam voz de prisão e foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Angélica, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 700,00 cada um.

 

MAIS PETRECHOS ILEGAIS APREENDIDOS

 

Durante a fiscalização dessa equipe que efetuou a prisão dos pescadores, foram retirados mais 10 redes de pesca e 60 anzóis de galho instalados no rio Ivinhema.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE