PF cumpre mandados em MS contra quadrilha de ex-deputado por tráfico de cocaína


PUBLICIDADE

MIDIA MAX

Foto: Divulgação PF
PUBLICIDADE

A Polícia Federal cumpre 24 mandados de prisão no âmbito da operação Vikare, deflagrada nesta quarta-feira (20), que investiga grupo criminoso que atua com o tráfico internacional de drogas.

 

Entre os presos, está o ex-deputado estadual pelo Amapá.

 

A operação também cumpre 49 mandados de busca e apreensão, entre eles nas cidades de Campo Grande, Paranhos e Aral Moreira, em Mato Grosso do Sul. Além de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Pará, Amazonas, Ceará e Piauí.

 

As investigações apontavam para o grupo criminoso que usava o estado do Amapá como base operacional de suas atividades relacionadas à importação e transporte de drogas, por meio de aeronaves a serem distribuídas para diferentes pontos do País.

 

Também foi descoberto que a organização criminosa possuía na estrutura, mecânicos de aeronaves, pilotos, operadores financeiros responsáveis por transacionar os valores obtidos pelas atividades ilícitas, além de terceiros que recebiam quantias em contas pessoais e de empresas, cujo objetivo era dar aparência de licitude aos valores obtidos com a prática criminosa.

 

Empresas de 'fachada' de outros estados participavam do esquema para ocultar e mesmo dissimular o dinheiro amealhado ilegalmente. No Amapá, foram cumpridos quatro mandados de busca e dois mandados de prisão preventiva, em empresas e duas residências localizadas em Macapá, também em um aeródromo particular.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE