Caçadores são presos e autuados em R$ 30 mil por caça e porte ilegal de armas


PUBLICIDADE

DOURADOS NEWS

Animais abatidos estavam no banco de trás da caminhonete - Crédito: PMA/Divulgação
PUBLICIDADE

Na madrugada desta quarta-feira (20), Policiais Militares Ambientais foram acionados pela Polícia Militar para proceder a multa ambiental, a duas pessoas que estavam em posse de três carcaças de jacaré-de-papo-amarelo, no município de Rio Negro (MS)

 

Segundo informações policiais, durante patrulhamento em uma estrada na entra da cidade, foi abordada a caminhonete Toyota Hilux, com dois ocupantes, ambos de 38 anos e residentes em Campo Grande. No veículo foram encontrados e apreendidos dois rifles calibre 22, carregados com 22 munições intactas e sem documentação, além de três filhotes de jacarés abatidos.

 
Os indivíduos assumiram terem abatidos os amimais, a cerca de 90 km da cidade, em uma lagoa à margem da estrada.

 

Diante dos fatos eles foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Rio Negro, e autuados em flagrante por crime de posse ilegal de munições e armas e por caça dos animais, com multa de R$ 15.000,00 cada um. A multa será julgada pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).

 

A pena para o crime ambiental de caça é de seis meses a um ano de prisão, já para o crime de posse ilegal de arma, um a três anos de detenção.




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE