Endrick entra no fim e tem estreia pela Seleção ofuscada por derrota para a Colômbia


PUBLICIDADE

GAZETA ESPORTIVA

Nesta quinta-feira, Endrick estreou pela Seleção Brasileira, aos 17 anos. O jogador do Palmeiras foi acionado por Fernando Diniz aos 37 minutos do segundo tempo, quando a equipe já tinha sofrido a virada para a Colômbia.

O Brasil saiu na frente, aos três minutos do primeiro tempo, com gol de Gabriel Martinelli. A equipe segurou o resultado até os 29 do segundo tempo, quando Luis Díaz empatou. Aos 33, o jogador do Liverpool fez mais um e virou.

Com a camisa 21 da Seleção Brasileira, Endrick ficou em campo por cerca de 15 minutos, levando em consideração o tempo regulamentar mais os acréscimos, após entrar na vaga de Raphinha, do Barcelona. Fato que o jogador não  teve muito tempo de mostrar seu potencial.

Nesse pouco tempo, joia da base palmeirense teve uma postura de buscar ataque. Em duas oportunidades em que teve domínio da bola, lançou para Martinelli, no ataque, mas a sequência da jogada não teve sucesso muito pelo cenário do jogo.

O jogador não teve a chance ainda, porém, de atuar ao lado de seus futuros companheiros de Real Madrid, Rodrygo e Vinícius Júnior. O primeiro foi substituído aos 22 minutos, enquanto Vini deixou o gramado ainda no primeiro tempo ao sentir dores na coxa esquerda.

Agora, Endrick vive a expectativa de ganhar mais minutos em campo no próximo compromisso do Brasil, que é contra a Argentina, na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), pela sexta rodada das Eliminatórias..


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE