Dólar volta a ser cotado acima de R$ 2,70


PUBLICIDADE

O dólar intensificou a alta nesta terça-feira (23), apósa divulgação do PIB dos Estados Unidos,que mostrou um fortalecimento da economianorte-americana no terceiro trimestre e motivou a ampliação de apostas deaumento de juros pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Por volta das 14h30, a moeda norte-americana avançava 1,63%,a R$ 2,7041 na venda, após subir 0,13% na sessão anterior e fechar a R$ R$2,6608. A última vez que o dólar fechou acima de R$ 2,70 foi na últimaquarta-feira (17).


\"O PIB dos EUA mostra que a economia começa a darsinais de forte crescimento\", disse à Reuters o gerente de câmbio daTreviso Corretora Reginaldo Galhardo, acrescentando que os dados mais fortes daeconomia dos EUA podem levar o Fed, banco central dos EUA, a elevar a taxa dejuros mais cedo que o esperado.


A economia norte-americana cresceu no ritmo mais rápidoem 11 anos no terceiro trimestre. O Departamento do Comércio informou nestaterça-feira ter revisado para cima sua estimativa de crescimento do ProdutoInterno Bruto (PIB) para ritmo anual de 5%, ante 3,9% divulgados no mêspassado, citando gastos mais fortes de consumidores e empresas do que havialevado em conta anteriormente.


O mercado de câmbio não abrirá em 25 de dezembro e 1º dejaneiro e funcionará de forma limitada nas vésperas do Natal e do Ano Novo.Agentes financeiros evitavam fazer grandes operações, limitando o volume denegócios e deixando a cotação à mercê de fluxos pontuais.

Internamente, o mercado continua esperando a definição de como será a extensãodo programa de intervenções diárias do Banco Central no câmbio, marcado paradurar até 31 de dezembro. O presidente do BC, Alexandre Tombini, já afirmou queos leilões diários de swaps cambiais, que correspondem a venda futura dedólares, serão mantidos no ano que vem, com volumes equivalentes a entre 50milhões e 200 milhões de dólares.

Nesta manhã, o BC vendeu a oferta total de até 4 mil swaps pelas raçõesdiárias, com volume correspondente a 196,9 milhões de dólares. Foram vendidos3,5 mil contratos para 1º de setembro e 500 contratos para 1º de dezembro de2015.

O BC também vendeu a oferta integral de até 10 mil swaps para rolagem doscontratos que vencem em 2 de janeiro, equivalentes a 9,827 bilhões de dólares.Ao todo, a autoridade monetária já rolou cerca de 85% do lote total.


Nos siga no




PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE