Ivinhema - MS, segunda-feira, 22 de outubro de 2018

20º min
28º min



Publicado em: 11/01/2018 às 08h42

NOVA ANDRADINA: Canais de denúncia leva Força Tática a prender suspeito traficando drogas

Ação aconteceu na esquina de um bar no São Vicente de Paulo em Nova Andradina


Jornal da Nova

Foto: Jornal da Nova

Jovem foi flagrado com 21 porções de crack e R$ 140.

Canais de denúncia da Polícia Militar, como http://alertacidade.com.br e telefones 190 ou WhatsApp (67) 99691-3131, têm levado a Força Tática a combater o tráfico de drogas na cidade de Nova Andradina. Somente nesta quarta-feira (10), dois suspeitos de estar traficando entorpecentes foram tirados de circulação.

O primeiro caso ocorreu no bairro Durval Andrade Filho, onde o suspeito foi preso com dinheiro e porções de crack.

 

Já o segundo caso foi na esquina de um bar, localizado na rua São Vicente de Paulo, com Batayporã, onde um rapaz de 20 anos, foi flagrado por volta das 20h30, com 21 paradinhas de crack.

 

De acordo com o registro policial, após denúncia, os policiais foram para o local indicado e localizaram Gabriel da Silva Conceição de 20 anos, recepcionando os usuários defronte ao bar, onde recebia o dinheiro dos usuários e entregava o entorpecente.

 

Diante da flagrância, a equipe da Força Tática do 8º Batalhão de Polícia Militar aproximou-se do bar para realizar a abordagem, porém, Gabriel ao notar a aproximação da viatura adentrou correndo interior do bar, chegando a entrar num banheiro que tem nos fundos. Ele foi alcançado e abordado e durante a busca pessoal foi constatado que as mãos do suspeito estavam sujas de fezes humanas.

 

Ante a suspeita, os policiais verificaram no interior do vaso sanitário e localizaram uma sacola contendo 21 paradinhas de crack prontas para o comércio. No bolso das vestes do suspeito havia R$ 140. Aos policiais ele disse que vendia cada paradinha a R$ 10.

 

Conforme a polícia, Gabriel tem passagens policiais desde sua adolescência, com três por tráfico de drogas, uma por furto, uma por direção perigosa e uma tentativa de homicídio.

 

Recebeu voz de prisão sendo encaminhado a Delegacia de Polícia Civil.